Olhos secos


Aquelas sensações desagradáveis de que os olhos estão cheios de areia, avermelhados, ardendo e sensíveis à luminosidade, que pioram nos ambientes com ar condicionados ou após o uso prolongado do computador, podem ser sintomas da chamada Síndrome do Olho Seco.

Este distúrbio, que afeta milhões de pessoas, é uma doença multifatorial podendo ser decorrente de uma produção insuficiente ou inadequada da lágrima, de fatores ambientais ou secundária ao uso de lentes de contato ou de determinadas interações medicamentosas.

A lágrima é composta por dezenas de componentes além da água e por isso quando o equilíbrio entre eles é alterado os sintomas podem se manifestar mesmo com os olhos lacrimejando.

A incidência do problema aumenta com a idade, como consequência de uma perda progressiva da capacidade de produzir a lágrima e é maior entre as mulheres, principalmente por conta das alterações hormonais da menopausa.

Uma vez confirmado o diagnóstico da Síndrome do Olho Seco pelo oftalmologista, o tratamento será feito de acordo com a gravidade do caso e poderá ir desde a higiene ocular com produtos específicos, passando pelo uso de lágrimas artificiais, preferencialmente sem conservantes, e suplementação vitamínica especialmente formulada com uma combinação equilibrada de ômega 3 e 6, podendo chegar até mesmo a procedimentos cirúrgicos.

Fonte: Médico Oftalmologista – Dr. Raul Zambello



Saúde e Bem Estar

Olho Seco


Olhos secos





A Genom é destaque no mercado farmacêutico no segmento de prescrição médica, oferecendo produtos de alta qualidade na oftalmologia, Ginecologia, Ortopedia, SNC e Dermatologia



Avenida Magalhães de Castro, 4.800
16º andar - Conjuntos 161 e 162
Edifício Continental Tower
05676-120 / São Paulo-SP

Siga-nos nas redes






Instagram



Copyright © 2022 União Química. Todos os direitos reservados.

x
ConveyThis