L-CAPS é o primeiro e único suplemento
do mercado brasileiro com uma
formulação específica para os sintomas do olho seco.








L-CAPS é o primeiro e único suplemento do mercado brasileiro que contém ácidos graxos ômega-3 (ω-3) na forma de EPA e DHA (óleo de peixe e óleo de linhaça), ácidos graxos ômega-6 (ω-6) na forma de ácido gamalinolênico (óleo de borragem), nas proporções ideais, além de antioxidantes como as vitaminas C, E, D, complexo B6 e B12 e minerais zinco, cobre e selênio.





O olho seco atinge cerca de 20 milhões de brasileiros com prevalência em mulheres acima dos 40 anos de idade.

A síndrome do olho seco (SOS) atinge cerca de 18 milhões de brasileiros, com maior prevalência em mulheres e se caracteriza por diminuição da produção da lágrima ou deficiência em alguns de seus componentes, ou pela maior evaporação, embora normalmente ambos os componentes possam estar sobrepostos.





O filme lacrimal é composto por 3 camadas:



Uma camada de mucina, mais interna e em contato direto com a córnea, uma camada intermediária aquosa, e uma camada mais externa de lipídeos.

O olho seco por deficiência aquosa ocorre na doença autoimune chamada síndrome de Sjögren. Uma outra causa, bem mais comum, é o olho seco decorrente da idade, chamado de ceratoconjuntivite seca.

Já o olho seco evaporativo ocorre pela perda da função de barreira do filme lacrimal contra a evaporação, resultando na perda da hidratação da superfície ocular.

Mas, seja pela deficiência aquosa ou pela maior evaporação do filme lacrimal, os sintomas são semelhantes e podem incomodar bastante: coceira, ardência, olhos irritados e vermelhos, com sensação de areia e visão embaçada.






Fatores de risco para olho seco são



  • Trabalhar em ambientes com ar condicionado (aumentam a evaporação da lágrima);
  • Uso de computador, tablet ou celular por longos períodos;
  • Uso de lentes de contato;
  • Uso de determinados medicamentos (como antidepressivos e betabloqueadores, podem provocar ressecamento ocular);
  • Idade (aos 65 anos uma pessoa produz 60% menos lágrimas que aos 18 anos);
  • Sexo feminino ( mulheres são mais propensas, principalmente na menopausa por causa das mudanças hormonais);
  • Determinadas doenças como a já citada síndrome de Sjögren e outras doenças auto-imunes, diabetes, rosácea);
  • Cirurgias para miopia (sintomas são transitórios);





Tratamento

O objetivo do tratamento do olho seco é aliviar os sintomas,. Algumas medidas ajudam como fazer pausas no trabalho ao computador, diminuir o uso de tecnologias e não permanecer longos períodos em ambientes fechados, com ar condicionado. Mas é fundamental utilizar lágrimas artificiais para ajudar a manter a integridade da superfície ocular.




SUBSTITUIÇÃO DA LÁGRIMA
por lágrimas artificiais


SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR
para estimular a produção de lágrima e retardar a evaporação


E para casos mais severos, CIRURGIAS e outras técnicas podem ser indicadas





A Importância dos Ácidos Graxos Essenciais (AGEs)

Ômega-3 e ômega-6 são chamados de AGE porque não são produzidos pelo organismo humano por isso precisam ser obtidos a partir da dieta.

Benefícios da suplementação de ácidos graxos livres no tratamento do olho seco:

Ácidos graxos essenciais (AGEs) ajudam a aliviar os sintomas do olho seco, porque atuam de dentro para fora:


- Auxiliando na estabilidade das 3 camadas do filme lacrimal;
- Melhorando a qualidade da lágrima natural;
- Restaurando a camada lipídica do filme lacrimal e retardando sua evaporação;
- Aumentando a secreção da glândula lacrimal;
- Previnindo a inflamação da superfície ocular



Caso identifique os sintomas de olho seco,
busque a avaliação de um médico oftalmologista.